News

PARCERIA ENTRE SIM SÃO PAULO, MIL E WHY PORTUGAL QUER APROXIMAR OS MERCADOS BRASILEIRO E PORTUGUÊS





Em 2017, a SIM SÃO PAULO e o MIL – Lisbon Internacional Music Network – iniciaram uma parceria para estreitar laços entre Brasil e Portugal e criar novos mecanismos de apoio para o intercâmbio de conteúdo entre os dois países.

Depois da primeira missão portuguesa na SIM do ano passado, a SIM São Paulo ajudou a levar conteúdo brasileiro para a segunda edição do MIL, que reuniu mais de 2500 pessoas em Lisboa, entre os dias 4, 5 e 6 de abril de 2018. Foram 608 delegados de vários países e profissionais participando de 37 debates, masterclasses, keynotes, apresentações e encontros e 76 shows espalhados por 8 salas de espectáculos na região do Cais Sodré.

A necessidade de se formatar programas públicos de apoio e incentivo à circulação e intercâmbio de conteúdo cultural entre os dois países foi discutida no painel “Brazil and Portugal: building the bridge” com Fernando Sousa, programador da Casa da Música no Porto, um dos espaços que mais contrata novos artistas brasileiros no país; Anabela Cunha, da empresa luso-brasileira Connecting Dots, que promove projetos de conexão entre as duas nações; André Bourgeois, da agência brasileira Urban Jungle e representante da BMA; Luís M. Fontoura, diretor da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal); Carlos Kessel, Chefe do Setor Cultural e de Cooperação Educacional da Embaixada do Brasil em Lisboa, e Fabiana Batistela, diretora da SIM SÃO PAULO.

As possibilidades do novo mercado da música no Brasil foram apresentadas por Fabrício Nobre, diretor do Festival Bananada, Eduardo Porto, do Festival Contato, e Fabiana em painel sobre os principais festivais independentes do país. As conexões e conversas seguiram no disputado coquetel promovido pela SIM SÃO PAULO no bar/restaurante POVO na movimentada Rua Nova de Carvalho.

O Brasil invadiu a programação de shows do MIL em 2018 com 10 artistas. Os Boogarins fizeram a abertura do evento em um show especial com participação dos portugueses PAUS, Capitão Fausto e The Legendary Tigerman. Também se apresentaram no festival Maurício Takara, O Gringo Sou Eu, Ricardo Dias Gomes, P.L.I.N.T., LaBaq, Ops, Cary Or Not Cary, Passo Largo e Aeromoças e Tenistas Russas.

O MIL também apresentou uma excelente amostra do efervescente novo cenário musical português, com destaque para Fugly, Ermo, Luís Severo, Bruno Pernadas, Whales, Keep Razors Sharp, Best Youth, Sampladélicos.

Ouça aqui uma playlist com a nova música portuguesa que você precisa conhecer!

Alguns deles devem marcar presença na SIM 2018 junto com uma comissão de profissionais do mercado lusitano que está se formando para invadir São Paulo em dezembro.

Com o apoio da Why Portugal e MIL, a SIM foi incluída na lista de eventos do programa de apoio a showcases internacionais da Fundação GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas). Artistas portugueses interessados em tocar na SIM podem saber mais sobre como se candidatar aqui.

Portugal foi o segundo país que mais enviou propostas para os showcases diurnos, com 18 artistas inscritos, e terá destaque na programação da SIM 2018. As ações e atrações serão anunciadas em breve.

Veja como foi a participação da SIM São Paulo no MIL 2018 e prepare-se para receber a comissão portuguesa na SIM em dezembro.

SIM no MIL 2018

  • contato
PRODUÇÃO / PRODUCTION
INFO@SIMSAOPAULO.COM
ASSESSORIA DE IMPRENSA/PR
PRESS@SIMSAOPAULO.COM