News

Montalvão comenta papel da SIM para internacionalização





Por Isabela Yu e Katia Abreu


A SIM São Paulo é uma grande catalisadora de encontros: profissionais do mercado de todo o Brasil do mundo comparecem ao evento para fortalecer parcerias ou prospectar novos contatos. Pensando nisso, a série Humans of SIM traz histórias inspiradoras de pessoas que frequentam a feira. O segundo episódio é sobre o produtor, tour manager e booker Carlo Bruno Montalvão.


Presença assídua na SIM e em outras music conventions pelo mundo, Montalvão é o tipo de profissional que sabe a importância de criar e manter conexões para atuar em um mercado cada vez mais globalizado. Nascido em Aracaju, viveu alguns anos no Rio de Janeiro e hoje passa cada vez menos tempo em sua casa em São Paulo, por conta das turnês que gerencia à frente da BRAIN Productions Booking.


“Foi durante a SIM São Paulo que tive o estalo de que podia expandir o território dos meus artistas, construindo turnês para fora do Brasil, não pensar somente no que acontece aqui, mas sim de uma forma mais global”, lembra o produtor, que é responsável pela agenda de shows no Brasil de ANEMONE e Les Deuxluxes (Canadá), Jonathan Bree (Nova Zelândia), Mint Field (México) e Reptaliens (EUA), além de promover a circulação nacional e internacional dos brasileiros The Baggios (SE), Glue Trip (PB), Ema Stoned (SP), My Magical Glowing Lens (ES) e Atalhos (SP).


Para ele, o maior desafio ao vender um nome para talent buyers e festivais de outros países é mostrar que o artista tem valor, especialmente quando o contratante nunca assistiu ao show. E destaca a importância de participar de showcases em conferências internacionais: “O artista pode apresentar uma síntese do seu show e do seu trabalho para um público refinado e seleto, formado pelos maiores profissionais do mercado musical brasileiro e mundial”. Ele próprio coleciona parcerias fechadas com bandas que conheceu assim: “Acabamos de fechar com a Glue Trip, um contato que começou na SIM 2018”.


A participação do The Baggios nos showcases da SIM 2016 ajudou a abrir caminhos: após a apresentação, a banda foi chamada para tocar no festival canadense Pop Montreal e a Brain Productions foi convidada a representar o Brasil como Delegado Oficial no evento. "The Baggios também recebeu convites para se apresentar na Argentina, Chile e Colômbia, o que deve acontecer ainda em 2019", conta Montalvão sobre os planos do grupo, que completou 15 anos de carreira e realizou a primeira turnê europeia passando por Itália, França e Suíça entre março de abril deste ano. “Todos os 22 shows dessa turnê da The Baggios aconteceram com cachê, hospedagem e alimentação garantidos, além de van com backline, motorista e tour manager. Não gerou grande lucro, mas pelo menos tivemos tudo pago e conseguimos reverter a venda de merch para a banda. É um passo importante para abrir novos territórios: foram três novos países e 23 novas cidades”.


Cheio de planos para o futuro, que incluem parcerias com o escritório francês SUPER!, a Agência que atua na Europa/USA Zuma Bookings e os selos norte-americanos Luminelle Recordings, Immigration Records e MISRA Records, Montalvão confirmou presença em mais uma edição da feira: “Já estamos ansiosos para apresentar ideias na SIM 2019. Temos que trabalhar em dobro agora, por conta de toda nossa situação política e social momentânea, mas é importante continuar com planos, em atividade e manter o foco sempre”, diz.

LEIA TAMBÉM:
COMO A SIM AJUDA A CONSTRUIR PONTES ENTRE BRASIL E ÁFRICA

  • contato
PRODUÇÃO / PRODUCTION
INFO@SIMSAOPAULO.COM
ASSESSORIA DE IMPRENSA/PR
PRESS@SIMSAOPAULO.COM