News

Para Barral Lima, a SIM é o combustível para se manter forte no mercado





Por Rafaela Piccin

A SIM São Paulo catalisa encontros: profissionais de diversas áreas do mercado frequentam a feira e expandem seus horizontes e conexões. Pensando nisso, a série Humans of SIM traz histórias de pessoas que comparecem e aproveitam a SIM. Este episódio é sobre Barral Lima, CEO e Produtor Musical no UN Music Group.

 

A cada edição da SIM São Paulo, produtores, artistas e demais players da indústria da música de todo o Brasil e de diversas partes do mundo têm a oportunidade de se conhecer e conectar. Diretamente de Belo Horizonte, em Minas Gerais, o produtor Barral Lima, que frequenta a SIM desde a segunda edição, conta como ir a feiras é combustível para sobreviver cada vez mais forte no mercado. “Quem não circula, não circula. Essa é a minha frase preferida. A cada feira surgem novos negócios e novas possibilidades”, diz.

Ele tem longa trajetória na área: formou-se em música pela Fundação Clóvis Salgado, realizou cursos de orquestração e arranjos e atuou como produtor musical e engenheiro de som em diversos trabalhos. Como mineiro que sabe absorver as belezas de sua terra, foi tecladista e produtor musical do cantor e compositor Lô Borges, para o qual produziu e gravou discos, além de acompanhar o projeto “Lô convida Milton”, em uma retrospectiva do movimento Clube da Esquina. Além disso, também produziu e gravou artistas como Flávio Venturini, Toninho Horta, Beto Guedes, Fernanda Takai e Marku Ribas, entre outros.

Atualmente, é CEO e Produtor Musical no UN Music Group, resultado da junção das empresas Ultra Music e Neutra, que oferece diversos tipos de serviços a artistas, produtoras e para o mercado da publicidade. A UN funciona como estúdio, selo fonográfico, editora de obras musicais, faz a gestão para projetos de Lei de Incentivo, além de ser uma produtora de áudio e realizar eventos como o M.A.R.T.E., Palco Ultra, HipHop.Doc e o Circuito Instrumental.

No ano passado, Barral promoveu a Noite Palco Ultra, reunindo atrações mineiras como Felipe de Oliveira, Mariana Cavanellas, Luan Nobat e Leo Moraes, que convidou Teago Oliveira, da Maglore (BA), no palco do Bona.

Além disso, na última SIM Barral apresentou a série Ultra Sessions no painel Conheça os novos festivais e projetos para a música com lançamento previsto para 2019 ao lado da também mineira Débora Campos (Nova Idade - Festival de Vivências para Segunda Juventude) e de profissionais de outros estados, como Carlos Albuquerque (Festival Ultrasonidos/RJ), Raphael Evangelista (2DL Produções/SP), Igor Cordeiro (Meu Eco/PR), Ivanna Tolotti (Floripa Music Festival/SC) e Rodrigo Vegetal (Festival Máquina/DF).

“Três meses depois, fechamos duas parcerias para veiculação: uma com o canal Wohoo e outro com a TV RTP de Portugal”, conta sobre o impacto de frequentar a feira e levar seu projeto a outros horizontes, e emenda: “A SIM a cada ano agrega muito em relação a parcerias e novos contatos. Fortalece muito a nossa atuação no mercado, nos levando para novas feiras e festivais oriundas de contatos realizados dentro da feira”.

 

LEIA MAIS:

MARTE FESTIVAL 2019: UMA EXPERIÊNCIA QUASE QUÂNTICA EM OURO PRETO

PRESIDENTA DO INAMU FALA DA IMPORTÂNCIA DA SIM PARA O MERCADO ARGENTINO

MONTALVÃO COMENTA PAPEL DA SIM PARA INTERNACIONALIZAÇÃO

COMO A SIM AJUDA A CONSTRUIR PONTES ENTRE BRASIL E ÁFRICA

  • contato
PRODUÇÃO / PRODUCTION
INFO@SIMSAOPAULO.COM
ASSESSORIA DE IMPRENSA/PR
PRESS@SIMSAOPAULO.COM