MINISTÉRIO DA CIDADANIA E MASTERCARD APRESENTAM

News

Pitches aproximam startups e festivais de patrocinadores e investidores





Os Pitches de Startups de Música e Tecnologia acontecem há três anos dentro da programação da SIM São Paulo e vêm se tornando cada vez mais disputados. Em 2019, a Sala Conecta Sympla estava lotada, no sábado, dia 7, de público curioso para assistir a 10 iniciativas brasileiras e internacionais apresentarem suas ideias para a banca avaliadora, formada por renomados profissionais e investidores. 

VEJA A LISTA DE PROJETOS QUE PARTICIPARAM DOS PITCHES DE STARTUPS

Formada por profissionais como Elisa Carlos (Disturbe.me), Vinck de Bragança (ACE), Laura Gurgel (Clube de Negócios), Izabella Neves De Morais (Bolsa de Valores do Brasil), Mariana Otero (Universal Music), Thales Bueno (Google for Startups), Gisele Paula (Reclame Aqui), Arthur Fitzggibon (ONErpm), Aline Felix (MuitoInteressante) e Erick Krominski (MuitoInteressante, Sony Channel), a atenta banca ouviu por cinco minutos cada projeto e conversou com os idealizadores sobre os impactos e aplicações de suas ideias. 

A iniciativa melhor avaliada foi o aplicativo Brev, que potencializa a operação de bares por meio de pedidos feitos pelo celular, diminuindo filas e aumentando as vendas. O Brev terá acesso a Startup Zone do Google for Startups, programa para startups em início de jornada, além de um pacote de mídias oferecido pela hub de conteúdo Muito Interessante.

O segundo e o terceiro lugar, representados pelos projetos Feat. e Sling Musical, tiveram empate técnico. Enquanto o Feat. é um aplicativo de co-criação e colaboração que conecta fãs e artistas para que o cenário musical seja recíproco, a Sling Musical é uma plataforma B2B de curadoria de artistas, bandas e DJs para ações estratégicas de live marketing e community de marcas.

Após os pitches, as marcas e investidores presentes fizeram questão de passar mais um tempo conversando com os empreendedores, aproveitando o espaço da PRO-AREA para firmar as novas conexões. "Foi um momento interessante, de quebra de protocolo, de as pessoas, independentemente de cargo hierárquico ou de corporações, se conectarem genuinamente. Foi bem emocionante porque pudemos ver um momento de troca real, pessoas dando dicas, apontando caminhos e renovando votos de esperança", comenta Renata Gomes, que mediou a atividade. 

Aposta em novos festivais 
Estreia em 2019, o Pitch de Festivais Brasileiros de Música para Banca de Marcas e Empresas também foi destaque dentro da programação da SIM. Dez festivais de várias idades e formatos, selecionados pelo Conselho Consultivo da SIM, se apresentaram para parceiros e patrocinadores em potencial na sexta, dia 6, também na sala Conecta Sympla.

A banca dos pitches de festivais contou com presença de Ludmila Kaminskas (Budweiser), Alan Patrick Crean (Mastercard), Silvia Camargho (Calvin Klein), Luciana Adão (Oi Futuro), Raphael Bello (Bird Viagens), Nayara Ruiz (Bradesco), Leandro Matulja (Agência Lema), Gabriel Temponi (Sympla) e Annelize Conti (Mutato), que avaliaram os projetos dos eventos Rec Beat (PE), Festival CONTATO (SP), Festival Morrostock (RS), Festival Sonido (PA), BR135 (MA), Vento Festival (SP), Festival Mucho (SP) e Festival Latinidades (DF).

Os festivais, representados por seus idealizadores, apresentaram seus valores e impactos nas regiões onde acontecem, em falas emocionadas ressaltando os propósitos de suas ações e que realizar eventos culturais neste momento é, mais do que nunca, um ato de resistência. As marcas, se mostraram animadas e conectadas com o desejo de desenvolver projetos culturais de impacto e provocaram reflexões sobre como podem se inserir nestas narrativas e colaborar mais com o mercado da música. 

A ampliação de diálogos entre música e marcas é fundamental para uma indústria sustentável e, em 2019, a SIM São Paulo abriu novos caminhos para isso.

  • contato
PRODUÇÃO / PRODUCTION
INFO@SIMSAOPAULO.COM
ASSESSORIA DE IMPRENSA/PR
PRESS@SIMSAOPAULO.COM